Fatores que podem levar a Intolerancias Alimentares

Fique a conhecer alguns fatores que podem levar à Intolerância Alimentar:

– Tratamentos que modificam a permeabilidade intestinal, ex: anti-inflamatórios, antibióticos

– Hiperconsumo de um alimento

– Tratamentos hormonais

– Causas virais: gripes, citomegalovírus

– Introdução precoce de certas proteínas na alimentação do bebé

– Falta de Amamentação Materna

– Alcoolismo

– Predisposições genéticas com relação a alguns alimentos

– Presença de factores que predispõe à intolerância, tais como a poluição química

Testes Intolerancias Alimentares

Através da Auriculo Medicina é possível avaliar a reação do organismo aos diferentes alimentos a que será testado.

Estas reações podem ser de 3 tipos:

1 – quando o organismo não manifesta a intolerância alimentar, e portanto, não aparenta ser um alimento nocivo;

2- quando o organismo rejeita o alimento, ou seja, quando a intolerância é identificada;

3- quando o organismo deseja o alimento. Este caso deverá ser objecto de maior estudo, pois pode ser o caso de um vício, onde o organismo assume que precisa deste para bem funcionar. Pode acontecer com diferentes tipos de alimentos: álcool, tabaco, chocolate, etc

Assim, na primeira sessão são feitos vários testes a diferentes alimentos, e é normalmente identificado um grupo que regista potencial intolerância (pode haver casos de não ser identificado qualquer tipo de intolerância) que deverá ser evitado nos 30 dias seguintes.

Após este período, na segunda sessão, avalia-se o estado geral da pessoa e volta-se a repetir os testes realizados na primeira sessão para verificar se as intolerâncias detetadas se mantêm e qual o seu nível de influência no organismo. Aquelas que forem identificadas como maiores, serão denominadas como Intolerâncias Alimentares Teste e deverão ser evitados nos 4 meses seguintes.

A terceira sessão consiste na avaliação dos resultados e evoluções no organismo de forma a identificar as verdadeiras Intolerâncias Alimentares.

E você? Já marcou o seu teste?

Alergias versus Intolerancias Alimentares

Existem vários tipos de alergias alimentares:

-Alergia Imediata: aquelas que se assemelham aos SMS – as reacções podem começar logo após alguns minutos até algumas horas após a ingestão do alimento. Sintomas comuns: Rinites, conjuntivites, diarreia, prisão de ventre, urticária, Edemas na face, entre outros.

-Alergia semi-retardada: Estas alergias são mais como os emails, podem ser vistos mais tarde – Sintomas aparecem de algumas horas a alguns dias após a ingestão dos alimentos, e que desaparecem se não se voltar a ingerir: dores de cabeça, mal-estar, prisão de ventre, diarreia, entre outros.

– Alergia retardada: Aquelas que se assemelham às cartas, que levam dias e por vezes semanas – São alergias cujos sintomas apenas se manifestam alguns dias após a ingestão do alimento. Dada a distancia entre a ingestão e a sintomatologia, os pacientes tendem a não relacionar o alimento com o seu mal-estar e portanto continuam a ingerir o alimento, muitas vezes por anos. A contínua ingestão desse alimento, irá piorar esses mesmos sintomas, levando até a que sejam origem de outros problemas maiores, tais como eczemas, cansaço crónico, depressões, ansiedades inexplicáveis, queda de cabelo, entre outros.

Reações de Intolerancias Alimentares

Sabia que reações tao dispares como:

– Fadiga constante

– Prisão de ventre

– Queda de cabelo

– Sinais de tristeza ou mesmo depressão

– Ansiedade inexplicavel

– Dificuldade de concentração

– Eczemas

Podem ser sinais de Intolerâncias Alimentares? Aqueles alimentos de que tanto gostamos ou

achamos que nos fazem bem, pode afinal estar a causar reações adversas no nosso organismo?