AURICULOTERAPIA

BEM VINDO À INFORMAÇÂO SOBRE AURICULOTERAPIA
Aqui vai encontrar detalhes sobre o que é a Auriculoterapia, como funciona e os resultados provados desta terapia.

O que é a Auriculoterapia?

Como são as consultas de Auriculoterapia?

Resultados da Organização Mundial de Saúde sobre a Auriculoterapia

Vários estudos e resultados realizados com Auriculoterapia no Mundo
Ansiedade
Emagrecimento
Enxaquecas
Insónias
Tabagismo
Obesidade
Obstipação
Síndrome do Stress Competitivo

Anúncios

Obstipação

livre

Sofre de Obstipação?

Saiba que não está sozinho. De acordo com o a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obstipação atinge cerca de 20% da população mundial e é uma das causas mais comuns das consultas de medicina geral e familiar. Segundo as estatísticas as mulheres podem sofrer duas vezes mais do que os homens deste distúrbio!

Não deixe que esta situação o condicione no seu dia-a-dia.

Sinta-se livre da Obstipação, com resultados desde a primeira sessão de Auriculoterapia!!

Enxaquecas

enxaqueca

Poucas serão as pessoas que nunca tiveram uma dor de cabeça, mas a enxaqueca é mais do que uma dor de cabeça: está classificada como uma das patologias mais frequentes e mais incapacitantes do mundo desenvolvido. Estima-se mesmo que cerca de 10% da população mundial sofra desta doença.

A enxaqueca caracteriza-se por dores de cabeça recorrentes, que podem ocorrer na zona frontal, central, occipital, em apenas um dos lados, ou em ambos, acompanhadas de outros sintomas tais como sensibilidade à luz e/ou som e cheiros, vómitos, náuseas, dores abdominais, sendo paralisantes, uma vez que qualquer tipo de movimento parece piorar a sua condição. Ataca adultos e crianças, sendo que normalmente mais as mulheres do que os homens. As crises podem durar entre 4 a 72 horas, e neste período é praticamente impossivel ao paciente manter a sua atividade, uma vez que a dor é como se disse paralisante.

Quando existe já um historial de enxaqueca o paciente consegue já identificar quando a dor de cabeça se trata de uma “mera” dor de cabeça ou de uma verdadeira enxaqueca.

À luz da Medicina Chinesa, cada enxaqueca tem a sua própria origem e causas diferentes: de acordo com a observação e avaliação do paciente, as causas são identificadas e podem ser tratadas evitando que se repitam. Os diferentes tipos de enxaqueca, que de acordo com o perfil de cada pessoa, tem diferentes origens.
Assim as pessoas poderão queixar-se de crises de enxaqueca:

– cujas dores de cabeça se localizam mais na parte lateral da testa, cuja dor se acentua por “lampejos”, ou seja, não é constante, normalmente estas pessoas serão mais sensiveis aos dias de vento e calor

– ou poderão ser mais frontais, com sensacão de peso nos olhos, cujas dores podem ser mais continuas e podem ser mais acentuadas nos periodos de mudança de estação de chuvas ou nevoeiros

– ou poderão ainda ser localizadas no cimo da cabeça, com sensação que poderá ser alternada por picos ou mais constante

Daí que uma pessoa poderá estar a falar de uma crise de enxaqueca e falar de determinada dor ou localização e uma outra com crise igualmente, poderá ter outros sintomas. Todos eles tem a sua explicação e a sua diferente causa: daí que o seu tratamento será também diferente e adequado para que possa ser completamente eliminado.

Também sofre de enxaquecas? Venha experimentar a Auriculoterapia!

Ansiedade

ansiedade

Já anteriormente tinhamos visto o quanto a Auriculoterapia é efetiva no tratamento da ansiedade, e aqui está mais um estudo a demonstra-lo.

Este estudo que pode ver na íntegra aqui explica como o nivel de ansiedade em pessoas que iam ser submetidas a cirurgias diminuiram,apenas em 30 minutos de aplicação de Auriculoterapia.

Sem duvida, resultados fantasticos que comprovam a extrema eficácia desta terapia!

Sindrome do Stress Competitivo

competition

O que é o síndrome do stress competitivo?

Pode ser visto do ponto de vista puramente competitivo do atleta que enfrenta uma prova, e que sofre com isso, tal como encontramos na definição de Oxford -University Press

“The negative emotional reaction of an athlete when he or she feels that his or her self-esteem is threatened during a competition. The threat comes from an imbalance between the performance demands of a competition and the athlete’s perception of his or her own ability to meet those demands successfully. The amount of stress depends on how important the consequences of failure are perceived by the athlete.”

Mas olhemos com atenção ao que nos rodeia e à vida em que estamos actualmente inseridos: quantas são as provas que diariamente temos que passar?

O nosso dia a dia é cada vez mais exigente: queremos mais e queremos melhor, Temos a impressão que temos que ser os melhores pais, os melhores filhos, os melhores parceiros, os melhores trabalhadores, ter muito dinheiro, os melhores praticantes de desporto, os mais saudáveis, os mais divertidos, os mais dedicados, e um sem fim de outras exigências que temos!

De que forma ajudamos o nosso organismo a conseguir lidar com todas estas exigências? Dormindo pouco para que o dia renda um pouco mais, alimentando-nos mal porque não há tempo para mais, tomando medicamentos para que o corpo não doa, vamos um dia ao ginásio faltamos 3 semanas…

Será mesmo por aqui?

Esta pressão a que estamos sujeitos no nosso dia a dia deixa-nos esquecer um pouco de nós mesmos, e esquecermos que o tempo não é infinito, nem o nosso corpo resistente sempre.

Ajudemos a equilibrar o nosso corpo, a equilibrar a energia que está em nós!

Sabe como fazer?

Auriculoterapia pode ajuda-lo!

A Organização Mundial de Saude (OMS) reconheceu em 1990 o valor da Auriculoterapia, como uma prática eficaz para o diagnóstico e tratamento de diversas condições físicas e emocionais.

Ao abrigo deste reconhecimento, foram realizados diversos estudos comparativos sobre diversas patologias usando diversas tecnicas da Medicina Complementar. Assim, a OMS comparou os tratamentos deste síndrome entre a Auriculoterapia e a Psicoterapia acompanhada de medicação. O resultado foi de 92,8% de sucesso para Auriculoterapia e 7.8% no grupo da psicoterapia. Veja o estudo aqui.

Marque já a sua consulta de Auriculoterapia!

Tabagismo

consequencias tabaco

Conheça alguns dos efeitos nocivos do Tabagismo:

– Fetos mal formados, Cancros vários, Gangrena, Infartes, Impotencia, entre outros!

Chegou a altura de dizer basta!

Veja como a Auriculoterapia o pode ajudar rapidamente – resultados validados pela Organização Mundial de Saude.

A Organização Mundial de Saude (OMS) reconheceu em 1990 o valor da Auriculoterapia, como uma prática eficaz para o diagnóstico e tratamento de diversas condições físicas e emocionais.

Ao abrigo deste reconhecimento, foram realizados diversos estudos comparativos sobre diversas patologias usando diversas tecnicas da Medicina Complementar. No caso da dependência do tabaco, foram realizados testes em 1983, nos quais foram testados e comparados resultados entre Auriculoterapia e Acupunctura aplicada no corpo inteiro . Assim, e após o tratamento, 70% dos pacientes tiveram redução o consumo de nicotina em mais de metade, sendo que 72% experienciar um mau gosto ao voltar a fumar e 15% sentiram-se tontos!

Obesidade e Auriculoterapia

compulsao-alimentar-compromete-sensacao-saciedade-650x350

A Organização Mundial de Saude (OMS) reconheceu em 1990 o valor da Auriculoterapia, como uma prática eficaz para o diagnóstico e tratamento de diversas condições físicas e emocionais.

Ao abrigo deste reconhecimento, foram realizados diversos estudos comparativos sobre diversas patologias usando diversas tecnicas da Medicina Complementar. No caso da Obesidade, foram realizados testes em 1998, nos quais foram testados e comparados resultados entre tratamentos a obesidade e controlo de apetite. Assim, e após o tratamento, 95% dos pacientes notaram a supressão de apetite!

Insónia

insomnia.shutterstock_75546448

A Organização Mundial de Saude (OMS) reconheceu em 1990 o valor da Auriculoterapia, como uma prática eficaz para o diagnóstico e tratamento de diversas condições físicas e emocionais.

Ao abrigo deste reconhecimento, foram realizados diversos estudos comparativos sobre diversas patologias usando diversas tecnicas da Medicina Complementar. No caso da INSONIA, em 1993, foram realizados casos de estudo em 120 pessoas: 60 usando Auriculoterapia e 60 usando medicação. Os resultados foram após um mes de tratamento, 59 de 60 pessoas que tinham sido submetidas a Auriculoterapia tinham recuperado a normalidade do sono ou melhorado significativamente. Apos o tratamento, o sono melhorou em 96.7% das pessoas que estavam a ser tratadas com Auriculoterapia e apenas 35% das pessoas que estavam a ser tratadas com medicação.